quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Evangélica safada

demorei para ter coragem de escrever, por que agora vivo uma vida bem regrada tenho 28 anos, casado,carioca ... mas vamos lá: quando eu tinha 23 anos no reveillon de 2000, minha família estava em cabo frio para curtir a farra, quando chegou dia 30 recebi a ligação de minha ex me chamando para curtir o ano novo com ela, admito que pirei pricipalmente, pela maneira que ela falou melosa, dizendo que eu não me arrependeria - bem ela era evangéliga; não conseguindo dormir comprei a passagem e fui na virada para encontrá-la, passei a virada no onibus recebendo ligações de todo mundo, quando cheguei liguei para ela para me buscar, qual minha surpresa quando ela me falou que que estava trabalhando, fiquei muito puto, mas ela disse que iria me encontrar na frente de uma casa de repouso para idosos - geriátrica, chegando lá a safada me deu um beijo muito sacana e me pegou pelo meu ponto fraco, me apalpou na frente de quem viesse; bem me levando para dentro, pela piroca, quando entramos ela me levou para a cama onde ela dormia e me disse: "quero trepar aqui, na frente dos vovôs é meu presente de ano novo para eles" caralho ela me pirou com esta proposta foi acordando alguns velhinhos e colocando eles no quarto sentados, colocou uma música suave e começou a tirar a roupa no nossa frente, brincando, instigando a mim e aos velhinhos, cara ela era d+ tinha um corpo monumental, quando ficou nua me puxou e começou a tirar minha roupa e a me lamber o pescoço, abaixando para meus mamilos - demorando um pouco mais neles, pelo dorso até minha piroca, que gulosa ela fez em mim quase gozei na boca dela, tudo sendo observado pelos nossos vovôs, que loucura, não aguentadno mais chamei ela para um 69, detalhe adoro chupar uma bucetinha cheirosa, como ela cheirava bem, elas gozou na minha boca, seu primeiro orgasmo, mas ela queria mais, se levantou me puxou e me empurrou sobre a cama e veio por cima me cavalgar, me deixando louco de tesão, seus seios médios me enlouqueciam, tentei subir para chupalos, mordê-los, mas ela me deu um tapa na cara - puta que pariu nunca uma mulher tinha feito isso comigo, revidei ao tapa com um mais forte, ela gemeu, pedindo parav bater mais forte, deu outro tapa bem mais forte, ela geme mais forte, subo e não encontro resistência para chupar seus seios quando ela finca as unhas em minha costas, nem seti a dor de tanto tesão que estava, quando me diz que vai me dar o meu presente,se vira e fica de quatro, cai dentro quando ela me pede para comer seu cuzinho, porra não podia acreditar, durante todo nosso namoro nunca tinha me pedido com tanta gana, retirei da buceta melada e soquei no cú sem piedade, ela quase gritava e eu nem aí, ela então me pede para gozar na cara dela, porra nunca tinha feito isso com ela, saí e ela chupava me sacvo enquanto eu tocava uma punheta anunciei que ia gozar a filha da puta abocanhou me pau e sorveu até a última gota, fiquei chateado ela me enganou, mas virou para os vovôs - eu já tinha até me esquecido deles; e fala gostaram do presente de vocês, alguns balançam as cabeças, ou apenas respondem que sim e ela sai levando os de volta para seus quartos, adormeci e acoirdei com a puta me chupando o pau, mas essa é outra história... detalhe ela casou com um maluco, levou ele para a igreja não deu para ele antes de se casarem, e no noivado me chamou para uma despedida de solteira, outra história, também... se gostaram votem!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário